O nome “ragu”  teve sua origem na França – vem de ragoût, que quer dizer “ensopado”.  Na Itália, o ragu é considerado um dos molhos mais nobres, preparado basicamente com carne, legumes, vinho e passata de tomate. O ragu pode ser feito com qualquer tipo de carne e o ideal é que ela seja cortada miudinha, na ponta da faca. Aqui a gente já vai fazer com a linguiça, economizando com muito sabor!

Ingredientes

  • 500g de linguiça tipo toscana
  • 2 colheres (sopa) de azeite extra virgem
  • 1 cebola picada em cubos pequenos
  • 1 colher (sopa) de açúcar refinado
  • 1 lata de tomate pelado
  • 1 xícara (chá) de vinho tinto seco
  • 2 colheres (sopa) de sementes de erva doce
  • 1 colher (sopa) de manteiga sem sal
  • Sal e pimenta-do-reino

Modo de Preparo

  1. Retire a película que envolve a linguiça e desmanche-a com as mãos até que fique bem “esfarelada”.
  2. Aqueça bem uma panela, adicione o azeite e refogue a cebola picada até ficar transparente.
  3. Adicione o açúcar refinado e deixe derreter. Quando o açúcar estiver derretido junte a linguiça e deixe fritar bem, até que ela fique dourada.
  4. Amasse os tomates pelados com as mãos ou com as costas de uma colher para deixar em pedaços menores. Adicione o tomate ao refogado de linguiça.
  5. Acrescente o vinho tinto e as sementes de erva doce. Deixe cozinhar por 40 minutos em fogo médio, mexendo de vez em quando. Acerte o sal e a pimenta.
  6. Por último coloque uma colher de manteiga e misture bem.

Sirva com angu/polenta mole, macarrão, purê de batatas ou faça um belo sanduíche!

Fonte: Dedo de Moça

print